Aromeiazero vai mostrar, através de um Guia, como implementar e executar projetos relacionados à bike
Devido às restrições causadas para conter o avanço do coronavírus, muitas pessoas passaram a evitar o transporte público para se locomover nas cidades. Com isso, uma velha conhecida de duas rodas voltou a ganhar protagonismo: a bicicleta.

Foi enxergando a bicicleta como uma potente ferramenta de geração de impactos sociais positivos, além de um meio de transporte limpo e saudável, que o Instituto Aromeiazero realizará no dia 08/04, às 10h30, no seu canal do Youtube e na página do Facebook, a live de lançamento do Guia de Projetos do Aro. Trata-se de um Ebook gratuito, estilo “faça você mesmo”, desenvolvido  em 2020 e 2021 pela equipe e que será disponibilizado no site do instituto.

Logo no início da pandemia, em 2020, a prefeitura de Bogotá, na Colômbia, abriu 117 quilômetros de novas ciclovias na cidade, seguindo a recomendação das organizações internacionais de saúde para que se limite o número de passageiros em circulação nas redes de transporte público. Ou seja, houve um alinhamento da mobilidade urbana sustentável com o combate à COVID-19.

Visto isso, vale ressaltar a importância de ampliar o uso da bicicleta para fins lucrativos, fomentar o desenvolvimento de uma comunidade e resgatar a rua e o ambiente público como espaço de convivência e de expressão cultural.

A ideia do Guia de Projetos do Aro é compartilhar a experiência de dez anos do Aro no mundo da bicicleta, destacando três dos projetos que vêm impactando crianças, jovens e adultos: O Bike Arte, que busca fomentar o direito à cidade, por meio da promoção de atividades culturais no espaço público, com intervenções artísticas e urbanas, eventos culturais e oficinas; o Viver de Bike, que, a partir de formações de empreendedorismo e mecânica de bicicletas,  amplia as possibilidades de utilização para geração de renda; e o Rodinha Zero, com o objetivo de sensibilizar e formar multiplicadores para ampliar a cultura da bicicleta e promover o desenvolvimento integral da criança.

Por meio do Guia de Projetos do Aro será possível aprender a transformar a bicicleta como possível ferramenta de fonte de renda, empreendedorismo, arte, cultura e acesso à cidade, e implementar os projetos em ONGs, setor público e empresas parceiras de todo o Brasil.

O Itaú Unibanco, por acreditar na importância da valorização do transporte ativo para o desenvolvimento sustentável das cidades, é patrocinador da live e do Guia de Projetos do Aro

O evento de lançamento contará com a participação de Eveline Prado Trevisan, coordenadora de Sustentabilidade e Meio Ambiente da BH Trans; Luciana Nicola, superintendente de Relações Institucionais, Sustentabilidade e Empreendedorismo do Itaú Unibanco; Lilian Prado, diretora executiva da Acreditar; e Jam Santana, fundadora do Pedala Afro.

Depois da live haverá um bate-papo com a equipe do Aro em uma sala virtual. 

Sobre o Aro
O Instituto Aromeiazero é uma organização sem fins lucrativos que utiliza a bicicleta para reduzir as desigualdades sociais e contribuir para tornar as cidades mais resilientes. Os projetos contam com patrocínio de empresas e pessoas físicas, além de leis de incentivo, sendo grande parte das ações em periferias e comunidades vulneráveis. Desde 2011, as iniciativas do Aro promovem uma visão integral da bicicleta, potencializando expressões culturais e artísticas, geração de renda e hábitos de vida saudáveis.

Para saber mais informações, entre em contato:

Assessoria de Imprensa
E-mail: imprensa@aromeiazero.org.br 

Redes Sociais 
Instagram: Aromeiazero
Facebook: Aromeiazero
Youtube: Aromeiazero