VAI SE FORMAR AGORA OU SE FORMOU RECENTEMENTE EM ENGENHARIA AMBIENTAL, BIOLOGIA OU ÁREAS AFINS E TEM MEDO DO QUE TE ESPERA NO MERCADO DE CONSULTORIA AMBIENTAL? O INSTITUTO G4 TE MOSTRA COMO ANDA O MERCADO AMBIENTAL DESTE ANO QUE TEM ELEVADAS TAXAS DE CRESCIMENTO.

A área do mercado ambiental é atualmente uma das mais promissoras, movimentando grande quantidade de dinheiro, com elevadas taxas de crescimento. As mudanças climáticas e o mau uso dos recursos naturais fortalecem a demanda por profissionais que sejam capazes de minimizar os impactos ambientais negativos.

Em uma realidade atual onde a sustentabilidade e a proteção de áreas ambientais são tão discutidas e necessárias, o estudo de águas, resíduos, florestas, energias renováveis, entre outros são fundamentais. Por isso, as empresas cada vez mais voltam seus olhares para a área ambiental, buscando profissionais que saibam agir com confiança e qualidade.

profissional ambiental deve encontrar maneiras de evitar e combater a poluição e escassez de recursos e também propor soluções tecnológicas para esses problemas. Além disso, deve estar apto a trabalhar em todas as funções relacionadas ao meio ambiente, através do planejamento, coordenação e administração de projetos relacionados à preservação da população e da região onde ela vive, como a captação e tratamento de água e esgoto, gestão de resíduos, recuperação de áreas degradadas e estudos de impacto ambiental em grandes obras.

São diversas as áreas que necessitam de profissionais ambientais:

  • Indústrias: Por conta dos danos que podem causar ao meio ambiente, como a grande geração de resíduos sólidos e líquidos, a indústrias procuram por profissionais que sejam capazes de reduzir os danos. Além disso, necessitam de profissionais para enquadra-las dentro das leis ambientais.
  • Engenharia Civil: Nessa área, é necessário um profissional responsável por calcular e controlar a grande quantidade de resíduos gerados em construções. E também é necessário um profissional para regular todas as atividades e impactos ambientais que possam ser causados pela atividade e pela construção das instalações. 
  • Serviços: Empresas de diversos setores precisam se adequar à legislação cada vez mais rígida e buscam por profissionais para facilitar essas transações. Nessa área, também há grande demanda por estratégias para reduzir o consumo de energia elétrica.
  • Agricultura: O profissional possui papel fundamental na implantação de técnicas que permitam o desenvolvimento sustentável da agricultura e que gere, ao mesmo tempo, lucro para o agricultor. Nessa área, a conservação da água e dos solos é indispensável. 

A ampliação do mercado de consultoria ambiental é confirmada em números. Segundo a Exame.com, a consultoria movimentou cerca de US$ 27,4 bilhões em 2012. Em 2017 o mercado ambiental tem previsão de chegar a US$ 31,7 bilhões. Além disso, a indústria ambiental representa 44% do mercado atual.

Além da consultoria, a Exame.com também destacou a carreira dos engenheiros. Atualmente, o cargo de Gerente de Meio Ambiente está entre os empregos em alta para 2017. O gerente é responsável por garantir que todos os procedimentos estejam dentro das normas estabelecidas e que os resíduos criados pela organização tenham o destino correto. Além disso, ajuda a reduzir perdas financeiras com processos judiciais na área ambiental.

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), estima-se que até 2030 serão criadas 25 milhões de vagas ligadas às práticas ambientais responsáveis. No Brasil, isso seria aproximadamente 2,6 milhões de empregos na área, por exemplo. 

O maior rigor nas leis ambientais na busca de maior preservação e conservação ambiental aumentou a busca por profissionais ou empresas que prestam esse tipo de serviço. Atualmente, é um mercado em ascensão que oferece muitas possibilidades ao profissional. Basta procurar a que mais se encaixa ao seu perfil. 

Fonte: https://ibracam.com.br/blog/as-perspectivas-do-mercado-de-consultoria-ambiental-no-brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.